Recria em Casa de Ervália-MG acontece entre os dias 12 e 15 de outubro



Atualmente parece tão distante, mas o Cinema já fez parte da realidade de muitas cidades do interior de Minas Gerais. Ervália, localizada no entorno do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, é uma delas, com passado que guarda um grande apreço pelas telonas. Para resgatar toda história e aproximar a população, novamente, das produções cinematográficas que a mostra Recria Cine foi criada, em conjunto com Coletivo Refazenda, em 2016. A sua 5ª edição precisou ser adiada, devido a pandemia do novo coronavírus, mas os organizadores não deixarão este ano passar sem um gostinho do evento, só que na versão on-line. Entre os dias 12 e 15 de outubro, do Dia das Crianças ao Dia do Professor, acontecerá o projeto Recria em Casa.


A equipe explica que por conta da pandemia, "tomamos a decisão de adiar a 5ª edição da Recria Cine para que ela pudesse acontecer presencialmente em segurança, quando for possível. Mas com isso, sentimos também crescer a vontade de realizar outras ações para interagir com o público que nos acompanha".


O evento contará com uma programação de oficinas, contação de histórias, sessões de curtas nacionais, bate-papo com realizadores e realizadoras e um Sarau Virtual. Além disso, também será produzido um material impresso que será distribuído entre o 4º e 5º ano da Rede Municipal de Ervália. As atrações serão transmitidas pelas redes sociais - Facebook e Instagram, além do Canal no Youtube.


Vakinha Online


Com o intuito de fortalecer a rede de colaboradores para realização das próximas edições do Recria Cine que a equipe organizadora criou uma vakinha online. A mostra de Ervália é gratuita e tem sido realizada de forma colaborativa e voluntária. Mas, os organizadores voluntários detalham que existem vários outros custos, como o lanche que são servimos para os participantes do evento, a alimentação dos colaboradores que vêm de outras cidades, estrutura para todos os dias dos eventos, material para as oficinas, materiais de divulgação e o transporte das pessoas que vêm de fora para colaborar. A meta de arrecadação estipulada pela vakinha é de R$ 5 mil. Até o momento, foram arrecadados R$ 1.755,00. Os interessados podem colaborar através do site Vakinha Online (Clique Aqui).


O apoio ao projeto também pode ser através do compartilhamento das publicações do evento, "já que possibilita alcançar um número maior de pessoas a cada postagem, o que amplia a visibilidade do Recria e cria novas oportunidades de colaboração em rede", acrescenta a equipe organizadora.


História do Cinema em Ervália e do Recia Cine


Conheça um pouco mais da trajetória do cinema, em Ervália, na Serra do Brigadeiro, e da mostra Recria Cine em entrevista com os integrantes da equipe de comunicação, Juliana de Castro Macedo e Melina Matos, e o coordenador geral, Tobias Rezende. Confira abaixo:


Portal - Conte um pouco da história do cinema, em Ervália.


Recria Cine - Pelas histórias que escutamos, já existiram dois cinemas, em Ervália. O Cine Brazil, do Américo Taveira, foi a primeira sala de cinema da cidade. Ele foi fundado em 1920 e se localizava próximo a Igreja Matriz, onde atualmente é a casa da Dona Lelena e do Senhor Zizim. E teve também o Cine Vitória, do Padre Teófilo. Ele foi a última sala de cinema que teve em Ervália e fechou na década de 70. São mais de 50 anos sem cinema em Ervália, então a Recria Cine é para muitas crianças e adolescentes a única oportunidade de assistir exibições de filmes na cidade.


Portal - Como foi criado este evento e quantas edições já ocorreram? Público envolvido até a última edição?


Recria Cine - A mostra nasceu junto com o Coletivo Refazenda, em 2016. Desde então foram quatro edições, sempre no final do mês de julho. Em nossas edições anteriores já foram exibidos mais de 100 filmes nacionais, com mais de 2.000 pessoas em número de público. Além da exibição de filmes de curta e longa-metragem, contamos ainda com oficinas de cinema, teatro e fotografia, que colocam as crianças dentro do processo de produção e gravação de filmes, permitindo também a criação de curtas durante a mostra. Além disso, a programação do evento também é composta por diversas atividades recreativas, exposições e apresentações culturais com os artistas locais.


Portal - Moradores locais participam de que forma?


Recria Cine - A participação da comunidade local na Recria Cine vem se ampliando ao longo dos anos. A cada edição, sentimos que a cidade abraça mais o evento e isso abre também novas possibilidades de parcerias e colaborações para a mostra. Assim, a cada ano vemos a adesão ao evento crescendo entre os moradores, que participam levando seus filhos, filhas sobrinhas e conhecidos para participarem das oficinas, assistirem os filmes e o que mais o evento tiver para oferecer. Além do mais, muitos moradores contribuem com a organização do evento e compõe a programação de apresentações, exposições e oficinas. E sempre contamos também com o apoio das escolas da cidade, que disponibilizam seu espaço para que a Recria possa acontecer.


Portal - Algum filme já foi produzido por participantes do evento?


Recria Cine - Em todas as edições do evento, crianças e jovens participantes da Recria podem criar e estrelar seu próprio filme durante nossas oficinas de cinema. Ao longo dos três dias de evento, o filme é roteirizado, gravado e editado, e no final do último dia da Recria ele é exibido no telão para todos os participantes. Os curtas produzidos na mostra se encontram na nossa página do Facebook.


O curta-metragem 'Os Defensores da Galáxia' foi produção com participação das crianças de Ervália, resultado das oficinas da 4ª Recria Cine.