Coluna 'Casas e Matas' estreia no Portal Serra do Brigadeiro


Era 12 de janeiro de 2018 quando planejamos de última hora nossa ida, mas era aquele tipo de viagem que você não sabe ao certo se vai rolar até a hora que você sai de casa.


Na época colocamos uma playlist com músicas do Clube da Esquina e Belchior, que eu não conhecia tão bem até então, e seguimos rumo ao sítio do Dico Simão - Pousada Fazenda do Remando, em Estouros, região rural de Araponga, aos pés do Pico do Boné.

Quando paro para pensar sobre aquele período da minha vida, parece que foram alguns meses tão diferentes de todo o resto que é algo que dá para colocar em uma tatuagem e guardar para sempre.


Lô Borges cantava no som do carro e eu pensava que tudo que precisei fazer foi colocar o pé na estrada: “você não quer acreditar, mas isso é tão normal”.


Dali em diante tudo aconteceu numa perfeita simetria, sem esforço.


Lembro que levamos barraca, comida, violão e uma câmera que tinha custado pouco mais de duzentos reais. Com ela em mãos, levantei em direção ao Igor e comecei a gravar:


“2:35 da tarde do dia 12 de janeiro de 2018, sexta-feira, nós estamos agora terminando de nos preparar, fizemos um almoço substancial, para poder subir o Pico do Boné, aqui na Serra do Brigadeiro”.


Ali, aos pés do Pico do Boné, estávamos prestes a entrar no coração da Serra do Brigadeiro, uma decisão da qual jamais poderíamos voltar atrás.


Eu sou Tiago Ornelas, sou mineiro de São Francisco do Glória, advogado, apaixonado por música e boas histórias; o Igor Soares, meu amigo, é o carioca mais mineiro que conheço, também é daqui de São Francisco e é um professor de história apaixonado por boa música.


Juntos já fomos para os locais menos prováveis da serra para buscar as histórias menos contadas e escrever, em prosa e verso, as nossas próprias. Dessa viagem que começamos a contar, nasceu o Casas e Matas, projeto que foi tão bom fazer que não sentimos a necessidade de mostrar a ninguém depois de pronto.


Até agora, porque somos os novos voluntários do Portal Serra do Brigadeiro e vamos contar, do nosso jeito, as histórias vividas por nós e por outros em um dos lugares mais mágicos do nosso país.


Contamos com você para nos deixar contar a sua.


Nos vemos em breve!